#24 – ENTREVISTA | Níjme®

Confira entrevista exclusiva com Níjme® (São Paulo, SP | Brasil).

ATS_Nijme_01CT: Porque começou a dançar? O que te levou a procurar esta arte?

Meus pais eram donos de uma academia com diversos tipos de
atividades físicas, desde musculação, artes marciais e danças. Passei
minha infância dentro do ambiente dessa academia e comecei a
trabalhar bem cedo, dava informações na secretaria, fazia matriculas,
limpeza geral, e participava de todas aulas de todas as modalidades,
experimentei todas elas. Fui iniciada no Ballet Clássico pelo método
Academy Royal Of Dancing Classic Ballet recebendo o título de bailarina
e coreógrafa profissional (DRT 15.058).
De todas as danças que pude experienciar a dança do ventre para mim
é simplesmente encantadora… que magia incrível essa arte milenar
carrega em cada gesto e em cada olhar. Ela está tatuada na minha
alma, eu sinto uma profunda admiração por essa arte milenar, que
cresce diariamente. Quanto mais eu assisto, quanto mais eu pesquiso,
quanto mais eu aprendo, quanto mais eu pratico, quanto mais eu
ensino, mais amo o universo das danças do oriente médio.
CT: Desde qual ano você se dedica aos estudos no Tribal e em qual
ano se tornou professora?

Eu iniciei meus estudos no Estilo Tribal em 2007 após 10 anos de
estudo em 2017 eu me tornei oficialmente Sister Studio FCBD® e
Professora Certificada pela Mestra Carolena Nericcio- Bohlman e
Megha Gavin na Califórnia (EUA) 2017. Estou inscrita no Sistema de
Educação Continuada para Sister Studio (SSCE), fui recertificada em
2018.
Capa_Revista_Oriente-NijmeCT: Com quais modalidades de dança você trabalha atualmente?

Dança do Ventre – Dança Cigana – Tribal Fusion Belly Dance e
American Tribal Style® Belly Dance.
CT: Em quais escolas você ministra aulas?

Estúdio de Dança NÍJME®
Rua Canuto do Val nº210 conjunto 3
Bairro Vila Buarque
(Metrô Santa Cecília)
São Paulo – SP – Brasil
11-9-4725-6632 WhatsApp
http://www.nijme.com.br
https://www.facebook.com/nijmeestudiodedanca/
CT: O que a sua carreira representa em sua vida?

Representa 100% do que eu sou, é toda minha essência.
CT: Como sente o crescimento da cena Tribal? O que mudou, melhorouTribal-Nijme
ou piorou?
O Brasil está conhecendo o Estilo Tribal Americano e está se
apaixonando, a cada dia conquistamos mais praticantes e nascem
novas tribos espalhadas pelo país. Sinto abertura, adesão e aderência.
O crescimento é real, puro e verdadeiro, o Tribal é um estilo que veio
para ficar, criar raízes e florescer.
CT: Onde deseja chegar como professora do estilo?

Desejo permanecer em constante aperfeiçoamento sendo sempre uma
referência artística para dividir, multiplicar, somar, compartilhar,
partilhar e transmitir o legado do American Tribal Style® Belly Dance
e do Tribal Fusion Belly Dance.
CT: Qual a principal transformação que sente em seus alunos ao
aprenderem o Tribal?

Melhoram sua postura física, aumentam a auto-estima, se tornam
melhores líderes, e também melhores seguidores.
Desenvolvem seu autocontrole, senso de direção, aprendem a dominar
sua ansiedade, melhoram sua coordenação motora.
ATS_Nijme_03CT: O que é Tribal LifeStyle para você?

É levar a filosofia do tribal para além da sala de aula e dos palcos.
Vivenciar de forma orgânica o estilo tribal no seu dia a dia.
CT: Quantas edições do Festival Campo das Tribos ou Congresso Tribal você
já participou?
Todas desde a primeira como aluna.
Na segunda edição fiz parte do elenco do Show de Gala em 2018.
Na quarta edição 2019, serei professora junto da minha partner
Sylmara Matos do Workshop com o Tema: ATS® Power Duet e nós
também seremos integrantes do elenco do Show de Gala.
CT: Conte um pouco da sua experiência nas produções Campo dasATS_Nijme_04
Tribos e o que elas transformaram em sua carreira e na cena Tribal da
América do Sul.

Fui integrante do elenco da Cia Campo das Tribos durante todo o ano
de 2016 e tive o privilégio de estar sobre a direção da Rebeca Piñeiro
a quem tenho profundo respeito e admiração. Ela me iniciou no estilo
tribal americano e sempre me incentivou e acreditou no meu potencial
artístico. Por tudo lhe sou eternamente grata.
Ela é uma empreendedora audaciosa que sempre busca a evolução do
estilo tribal no Brasil e na América do Sul.
ATS_Nijme_02CT: Deixe um recado, uma dica ou um pensamento para os alunos do
Congresso Tribal e amantes do estilo.

O estilo tribal é único, ele nos desafia a improvisar, a lidarmos com o
imprevisto, a vivermos o momento presente, a estarmos ao vivo e a
cores olho no olho, tratarmos o inesperado de forma natural, estarmos
atentos aos sinais. Essa espontaneidade é tudo o que precisamos na
nossa vida para sermos intensamente felizes, sempre e em qualquer
situação. Tribal é vida em constante evolução.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s