Karina Leiro

KARINA LEIRO
Salvador/BA | Brasil

Ainda criança iniciou seus estudos em dança fazendo ballet clássico na Ebateca em Salvador, Bahia.

É filha de espanhóis e aos treze anos fez na Espanha seu primeiro curso de danças folclóricas espanholas e de sevilhanas. Foi bailarina e professora da EDACE, Escola de Dança Arte e Cultura Espanhola e integrante do Mar Esmeralda Cia de Dança (ambos no centro Espanhol de Salvador) até 2006. Passou dois anos em Portugal (2006-2007) dançando em casas de espetáculo e grupos de dança, entre eles Hijas Del Flamenco e El Camino. Estudou na Flamenco Ados, escola de Isabel Bayón e Ángel Atienza em Sevilha. Foi professora de flamenco da Escola 1001 Danças no Ateneu comercial de Lisboa tendo ministrado workshops e aulas diversas em Portugal, inclusive no Andanças, Festival Nacional de Dança em São Pedro do Sul, Portugal. Em 2008, já de volta ao Brasil fundou, em Salvador o grupo flamenco Aires, em parceria com o guitarrista Eduardo Bertussi. Foi professora de flamenco no curso de extensão da Universidade Federal da Bahia em 2008 e 2009. Em 2009 iniciou o estudo da Fusão Tribal com Bela Saffe na casa Kairós em Salvador.

Residiu em Recife de 2010 a 2015, foi professora e bailarina de flamenco do Instituto Cervantes Recife, tendo promovido diversos eventos e espetáculos, integrou a Cia DSA (Dancers South America), sediada em São Paulo e dirigiu o braço pernambucano Cia Lunay de Kilma Farias. Em 2014 esteve novamente na Espanha estudando no centro Flamenco Amor de Dios em Madrid. Em 2015 tirou o certificado em ATS (American Tribal Style) com a criadora do estilo Carolena Nericcio, tendo feito curso de recertificação em maio de 2017. É diretora da Cia Karina Leiro sediada inicialmente em Recife e com trabalhos também em Salvador.

Em 2016 recebeu o prêmio de melhor bailarina no Prêmio Apacepe de Teatro e Dança em Recife e teve o seu espetáculo Bailaora premiado em mais 3 categorias. Além do flamenco tradicional, tribal fusion e ATS tem desenvolvido um trabalho de fusão flamenca com o qual tem se apresentado e ministrado workshops em eventos pelo Brasil e no exterior. Em 2017 foi ministrante de oficina na Feira Flamenca, grande evento de Flamenco em São Paulo.