Depoimento de Thaisa Martins

Congresso Tribal Sul-Americano 2016
Por Thaisa Martins | Rio de Janeiro | Brasil 

Alguma vez você já se sentiu fazendo parte de uma tribo? Se sentiu como se REALMENTE fizesse parte de uma irmandade que te acolhe como uma verdadeira integrante? Essa é a exata definição do Congresso Tribal Sul Americano para mim.
Tudo começa com meses de antecedência, você se inscreve no evento, providencia passagem, hotel, vê as amigas que vão com você e depois é só esperar.
Quando finalmente chegou o primeiro grande dia, eu e minhas amigas pegamos o metro logo pela manhã, já não aguentávamos de tanta ansiedade para conhecer o local do evento, até então tudo estava no imaginário e não sabíamos o que iriamos encontrar.
Fomos uma das primeiras a chegar e para nossa surpresa a própria Rebeca nos recebeu na entrada. Ela fez questão de perguntar nossos nomes e desejar as boas-vindas, fiquei toda boba “Caraca era Rebeca!!!” até então só a tinha visto pelo computador.

Daquele momento em diante, começava uma deliciosa maratona e logo no primeiro workshop já deu para perceber que seria algo mágico. Cada profissional que subia no palco mexia com uma parte dentro de mim, despertava um sentimento gostoso de descobrimento e passava alguma coisa completamente nova.
Fiz novas amizades entre uma aula e outra, foi incrível conhecer meninas de vários cantos do pais que estavam ali tão entregues. Essa entrega era quase uma coisa física, palpável. A equipe, as alunas, os professores, todos com o mesmo objetivo de fazer com que aquela experiência fosse maravilhosa.
Todos os dias que se seguiram éramos umas das primeiras alunas a chegar e as últimas a sair do evento. “ Nem que seja para sair daqui carregada, vamos ficar até o final! ” Esse era o nosso lema.

No segundo dia, ocorram 2 coisas que me marcaram muito. A primeira foi que eu tive a oportunidade de dançar ATS com a própria Rebeca, a experiência foi muito forte, dançar ao lado de alguém que você admira. A segunda foi o workshop casadinho da Long Nu e da Alondra Machuca, tivemos que nos transformar em vampiros e lobisomens e foi realmente muito legal.

Esse era o dia da mostra de dança, foi incrível poder se apresentar naquele palco, o frio na barriga logo antes de entrar e as palmas do público no final, me arrepio só de lembrar. Dois amigos do RJ foram especialmente para me ver dançar e ficaram loucamente encantados com todas as apresentações.

No terceiro dia, minha professora de Tribal Rhada deu a sua aula e particularmente foi muito emocionante vê la representando a escola que faço parte. Ela que é a minha maior inspiração para a dança desde a minha adolescência.
Esse dia foi tão intenso que eu simplesmente me esqueci de almoçar, e esse descuido cobrou seu preço. No final do show de gala minha pressão caiu, fui a lanchonete e pedi as meninas um sache de sal para tentar dar uma melhorada, mas para minha surpresa a menina que me atendeu era enfermeira e, muito atenciosa e cuidadosa, me deu uma laranja que segundo ela me ajudaria mais do que o sal, e não é que funcionou?
Foi nesse momento que eu realizei que esse evento era muito mais do que os profissionais de dança dando os workshops, mas sim que estávamos em uma grande tribo onde cada pessoa ali tinha a sua vital importância.

No quarto e último dia, minha professora de ATS Aline deu sua colaboração e foi muito lindo, vi como as outras profissionais a respeitam e isso foi muito legal. Ela que é a grande inspiração do ATS da minha vida e a responsável por fazer com que eu estivesse participando desse evento pois, ela que nos incentivou a ir.
Todos os dias ganhávamos uma pulseira para sinalizar que éramos alunas, e eu simplesmente não consegui tirar nenhuma até tudo acabar pois, para mim, aquele era um símbolo de união e compromisso com a experiência, tenho elas guardadas até hoje com muito carinho.

Quando enfim acabou já estava com saudade de tudo, fui embora contando os dias para o próximo e sentindo que eu realmente havia encontrado o meu lugar, o meu propósito.
Havia sido como prometido, INESQUECIVEL.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s