Depoimento de Loreta Marjory

POR LORETA MARJORY (Participante Dia Avulso em 2018).
Quer enviar o seu depoimento? Ficaremos felizes em saber sua opinião e compartilhá-la no Blog do Congresso!  Envie uma foto sua + seu depoimento para festival@campodastribos.com.br

“Minha participação fora de curto prazo por motivos de saúde e de agenda (concomitantemente), porém foram horas tranquilas e maravilhosas, agradáveis, com profissionais que partilham do seu amor pela dança tanto de modo específico quanto geral. Foi notório o equilíbrio entre as composições fusionadas nos workshops de Luciele le Fay e de Gabriela Miranda, que instigam o estudo do ATS como base principal para o fusion. Ter esse contato foi interessante, além das mesclas de estudos dark fusion e o mais bacana é que toda a estrutura de cada work tinha um começo, meio e fim, que apesar de durarem pouco tempo, eram bem trabalhados. Adorei o work da Bia Vasconcelos e da Camila Middea, que tratavam a técnica de maneira isolada e focada para cada assunto. Evento simples e bem sucinto, com características únicas: o Congresso deixou uma boa marca na minha primeira impressão e eu sempre recomendei e simplesmente continuarei recomendando o Campo das Tribos, justamente por ter esse tipo de conforto um pouco raro no âmbito da dança: não há disputa, e sim o reviver de uma união. Ou seja: o evento não só vende como muitos, instrui e educa. Ao meu ver como Profissional de Educação Física, a única questão a se ter cuidado é no excedente de exercícios físicos, porém depende muito de cada um, e o psicológico comanda muito o negócio: então essa observação é muito superficial em vista da capacidade de imergir em conteúdos e ideais gerais, não apenas físicos, e claro, fazendo a diferença, acredito eu, na visão de todos os que se empenham em estudar e tem sede de conhecimento, de resto, cada um pode atender às próprias necessidades.
Acreditei um evento muito bem feito, e com carinhos evidentes na produção, bem realizado e objetivo. Acredito que cumpre o que promete.
Para mim, foi importante não só para minha dança ou aulas, mas para observar num geral um mundo condensado de ideias e informações que se comunica agradavelmente. Sou grata à Rebeca por esta oportunidade, foi meu primeiro Congresso Tribal e foi um prazer participar.
Foto: eu e a linda da Bia Vasconcelos
Loreta Marjory – Bailarina, professora e artesã (criadora da Artistic Dance)
Ferraz de Vasconcelos – SP – Brasil.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s